- : Diferentes Possibilidades para Seguir Carreira no Brasil
| 14:00-15:30

: Thelma Colanzi

Apesar da atual situação econômica brasileira, o mercado de Tecnologia da Informação e Comunicação continua aquecido e há várias oportunidades de atuação para profissionais formados na área de Computação. As habilidades desenvolvidas durante a realização de pesquisa de qualidade, seja em Graduação, Mestrado, Doutorado ou Pós-Doutorado, são valiosas e contribuem com a atuação profissional na indústria de software, em centros de pesquisa e inovação, na academia, como empreendedor(a), etc. Os painelistas têm diferentes experiências sobre estas possibilidades de atuação e vão discutir os diferentes caminhos possíveis para seguir carreira no Brasil.

speaker

Alessandro Garcia

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro


Alessandro Garcia é professor associado do Departamento de Informática da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Possui Doutorado em Informática pela PUC-Rio (2004). Atuou como professor adjunto na Lancaster University (Reimo Unido) de fevereiro de 2005 a janeiro de 2009. Atuou como membro do Conselho Editorial de dois importantes periódicos internacionais em sua área, o IEEE Transactions on Software Engineering e o Journal of Systems and Software. Tem sido frequentemente convidado para Comitês de Programa e/ou Comitês de Organização das principais conferências internacionais em Engenharia de Software e áreas afins, como ICSE, FSE, ICSME, MODELS, ICPC, ESEM e várias outras. Recebeu vários prêmios, distinções e reconhecimentos, tais como a Melhor Dissertação de Mestrado do ano de 2000 (Sociedade Brasileira de Computação), Pesquisador do Ano (Lancaster University, 2006), Jovem Cientista - Rio de Janeiro (FAPERJ, 2009, 2013 e 2016) e Membro Afiliado da Academia Brasileira de Ciências (ABC, 2009 a 2014). Vários de seus artigos receberam distinções nas principais conferências de sua área, tais como o ACM Distinguished Paper Award no ICSE 2014. Possui várias parcerias com grupos internacionais de pesquisa nos EUA, Reino Unido, Alemanha e Argentina. Seus projetos de pesquisa são financiados por agências de desenvolvimento - CNPq, CAPES, FAPERJ e Newton Fund - e por parceiros da indústria de software.

speaker

Fernando Magno Quintao Pereira

Universidade Federal de Minas Gerais


Fernando Pereira obteve seu doutorado na University of Califórnia, Los Angeles, em 2008. Desde novembro de 2009 é professor do Departamento De Ciência da Computação da Universidade Federal de Minas Gerais, onde coordena o Laboratório de Compiladores. Trabalhos desenvolvidos sob sua coordenação fazem ou fizeram parte de compiladores muito populares como o nvcc (NVIDIA), o Mozilla TraceMonkey e o LLVM. Alunos que se formaram no Laboratório de Compiladores hoje trabalham em empresas como Microsoft, Apple, Google e ARM.

speaker

Rafael Prikladnicki

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul


Rafael Prikladnicki é professor da Escola Politécnica e membro permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). É gestor de negócios e relacionamento do Tecnopuc, Parque Científico e Tecnológico da PUCRS. Doutor em Ciência da Computação pela PUCRS,com estágio de Doutorado na University of Victoria, Canadá. É presidente do Conselho Consultivo da revista IEEE Software e atua como membro do conselho editorial do Empirical Software Engineering Journal. Foi co-fundador da Agile Alliance Brazil. É membro da International Software Engineering Research Network (ISERN) e da Software Startup Research Network (SSRN). É Pesquisador Nível 1D do CNPq, autor de diversos artigos publicados em eventos e periódicos nacionais e internacionais e co-autor de cinco livros, entre eles o primeiro livro em português sobre desenvolvimento distribuído de software e o livro Metodologias Ágeis para Desenvolvimento de Software, que contou com a contribuição de mais de uma dezena de profissionais do País. Atualmente é coordenador da Comissão Especial de Engenharia de Software da SBC.

speaker

Renato Cerqueira

IBM Research Brazil


Renato Cerqueira é Senior Research Manager na IBM Research Brazil, onde lidera um grupo de pesquisa que desenvolve tecnologias baseadas em Inteligência Artificial para interpretação de dados e tomada de decisão, com enfoque em aprendizado e raciocínio adaptativo, Inteligência Artificial centrada no ser humano, engenharia de conhecimento e Aprendizado de Máquina com conhecimento de domínio aumentado. Renato e sua equipe têm explorado a aplicação de suas pesquisas a diferentes problemas em Geociências, tais como caracterização de sub-superfícies e avaliação de risco geológico. Antes de ingressar na IBM Research, Renato foi professor no Departamento de Informática da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, onde conduziy pesquisas em Engenharia de Software para sistemas distribuídos e orientou diversos estudantes de Mestrado e Doutorado. Em 2001, foi professor visitante na University of Illinois at Urbana-Champaign, EUA.

speaker

Roberta Lopes Arcoverde

Stack Overflow


Roberta Lopes Arcoverde é Mestre em Informática pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Pernambuco. Atua como Tech Lead e Principal Software Developer na empresa Stack Overflow (empresa privada americana) desde 2014.

speaker

Sergio Castelo Branco Soares

Universidade Federal de Pernambuco


Sergio Soares é Doutor em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Pernambuco (2004) e Professor Associado do Centro de Informática da Universidade Federal de Pernambuco - CIn/UFPE. Publicou mais de 150 artigos com mais de 2.700 citações em trabalho acadêmicos, segundo o Google Acadêmico, e orienta pesquisadores de Pós-Doutorado, Doutorado, Mestrado, Especialização, Iniciação Científica e de conclusão de curso na área de Computação, com mais de 100 alunos e pesquisadores orientados. Tem experiência na coordenação de projetos de desenvolvimento, pesquisa e inovação financiados por SENAI, CNPq, FACEPE, FINEP, Petrobras, Lei de Informática e pela indústria. É coordenador executivo do INES - Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Engenharia de Software. Associado da Sociedade Brasileira de Computação - SBC desde 2002. Foi Diretor do Instituto SENAI de Inovação para Tecnologias da Informação e Comunicação - ISI-TICs de 2013 a 2020, onde atuou de 2018 a 2020 como Líder da Aliança de Mercado Industria Mais Avançada - I+A do SENAI, responsável por lidar com desafios associados à Indústria 4.0, Manufatura Avançada, Internet das Coisas - IoT e Digitalização para a Indústria Brasileira.